Siga @RejaneTV

domingo, 10 de fevereiro de 2019

Bodas de Brilhante - 75 anos de casados

Avós de Rejane Santos

Em 1994, eu tinha 2 anos. Mas lembro como se fosse ontem, minha mãe me vestiu um belo vestido branco com uma fita rosa na cintura, meias e sapatos brancos. Viajamos para Acari/RN, cidade onde moram os meus avós paternos. Primeiro fomos para uma missa numa capela linda, lá escutei pela primeira vez a música "Oração pela Família" de Padre Zezinho. Depois, ao final da tarde, fomos para uma festa no clube da cidade. Haviam vários arcos de balões amarelos e, talvez, a minha bisavó centenária dançou uma valsa com o prefeito (ou foi em outra festa). Tudo estava muito lindo e voltamos para casa. Passou anos até que eu entendesse que aquela foi a festa de Bodas de Ouro dos meus avós e o quanto significava.

25 anos depois, voltei para mais uma comemoração anual do casamentos deles. Agora, 75 anos de casados, Bodas de Brilhante. Ali, em meio aos meus muitos parentes, percebi o quão bonita é a união entre meus avós e imaginei tudo que eles passaram juntos.

Recentemente, conheci pessoas que ficaram admiradas quando descobriram que meus pais permanecem casados há 35 anos - como se o normal fosse ter pais divorciados. Imagina se eu contasse que meus avós que têm 20 filhos vivos, 59 netos, 54 bisnetos e 14 tataranetos, comemoraram 75 anos de casados na semana passada?

Certamente, não foi fácil para meus avós. Mas nenhum obstáculo fez com que desistissem. Se tivessem desistido, por tabela, eu e minha família não existiria. Por isso, os admiro muito. Sem contar que acho incrível a consideração que meu pai tem por eles, pois, mesmo morando em cidades diferentes, meu pai sempre está presente na vida deles.

Foi ótimo revê-los, assim como rever os demais familiares que estiveram comemorando as Bodas de Brilhante deles. Uma data dessas não poderia passar em branco, são poucos casais que chegam tão longe em meio a tantos problemas diários. Por este motivo, fiquei feliz em conseguir uma folga no serviço para viajar e comemorar com eles.

Com fé em Deus, também completarei 75 anos de casamento com meu marido. Só falta pouco mais de 70. Enquanto as Bodas de brilhante não chegam, vou me preocupando sobre a comemoração dos nossos 5 anos de casados.

4 comentários: